Os alimentos ácidos

Todos conseguimos diferenciar o que é um alimento, o seu característico sabor ao trincar um pouco de limão ou quando uma salada levou vinagre a mais não engana a ninguém!

Esses são os característicos alimentos ácidos que aqui consideramos, o limão e o vinagre, mas a lista não se restringe só a eles. Também se considera alimentos ácidos os seguintes:

– soro de leite
– iogurte
– frutos não maduros
– frutos ácidos (framboesas, morangos, laranjas, tangerinas, algumas maçãs, alperces, etc.)
– frutos doces (melancia, meloa, melão, etc., especialmente se forem consumidos em excesso)
– sumos de fruta
– mel
– …

Há uma razão para esta divisão de alimentos acidifcantes e alimentos ácidos. Embora seja ácido por natureza, um alimento ácido em pessoas menos sensíveis aos ácidos não irá provocar uma grande baixa no seu pH, podendo até mesmo ser alcalinizante.

Caso a pessoa tenha tendência para um terreno ácido, e se o resto da sua alimentação também for acidificante, este tipo de alimentos já irá provocar “estragos” no seu pH, e assim contribuir para que o mesmo desça.

Aqui a situação é semelhante aos alimentos acidifcantes, tem de haver algum controlo na sua ingestão, mas os mesmos devem estar presentes na nossa alimentação pois são fundamentais para a nossa vida, basta ver o exemplo das vitaminas e minerais que as frutas contém, e tão essenciais para a maior parte das funções orgânicas.

Fruta sim! Quanto mais colorida melhor! Mas com moderação…

Sejam saudáveis e realizados!
Filipe Rocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *